Olá, leitores e leitoras!!!

Nessa exato momento (21:19h do dia 03/04/2011) está passando no Warner Channel o filme “O Amor não Tira Férias”.

Adoooooooro essa filme. E uma das coisas que admiro é a fala da Iris (Kate Winslet) no início do filme. Olha só:

Shakespeare disse: ‘As viagens acabam em encontros de amantes… Que pensamento extraordinário! Pessoalmente, não experimentei nada parecido, mas creio q Shakespeare experimentou… Acho que penso em amor mais do que deveria. Sempre me surpreende seu poder de alterar e definir nossas vidas… Foi Shakespeare q tb disse: ‘O amor é cego!” Agora eu sei q isso é verdade. Para algumas pessoas, o amor desaparece… Amor falso. Para outras, o amor está simplesmente perdido. Mas é claro q o amor tb pode ser encontrado. Mesmo q só por uma noite… Há tb outro tipo de amor. O do tipo mais cruel. Àquele q quase mata suas vítimas. Chama-se amor não-correspondido…. E, nesse, sou especialista. Na maioria das histórias de amor, um se apaixona pelo outro… Mas e quanto ao resto? E as nossas histórias? Daqueles que se apaixonam sozinhos?… Somos vítimas do amor q não é recíproco.  Amaldiçoados pelos amados. Mal-amados… Feridos sem prioridade. Deficientes sem o melhor lugar no estacionamento… Sim, eu sou uma dessas pessoas”. Iris

Não é o máximo?!

Anúncios