Tag Archive: sites


Olá, leitores e leitoras!

Ontem, assisti o filme “A Rede Social” que fala sobre a criação do Facebook.

Nossa! Se esse tal de Mark for como o ator mostra no filme… Ele, pra mim, não se esforçava para ser um babaca, ele era (ou ainda é) um babaca!

Dias atrás cancelei o meu perfil na página porque soube de um boato que o FBI usa os dados dos usuários para “monitorar”. Achei isso muito estranho. E, também, porque estava prejudicando nos meus estudos para o vestibular. Ocupava meu tempo com banalidades. Então, dei adeus ao Facebook.

Hoje de manhã, quando estava relendo o Le Monde Diplomatique Brasil do mês de fevereiro (ano 4 – número 43), vi na seção de cartas (assim que você abre o jornal na página esquerda e nocanto direito) uma escrita justamente sobre essa rede social que está na moda atualmente. Vou transcrevê-la aqui pra vocês:

Facebook

Ao ler o artigo “O espelho mágico do Facebook” (edição 41), achei que deveria contar minha própria experiência com a rede social. Minha dificuldade com o site começou na tentativa de registro de meu primeiro nome: Iran. O sistema rejeitava-o e pedia para entrar em contato com a central. Meu primeiro pensamento foi de que se tratava de um controle ideológico, mas achei que fosse paranóia esquerdista. No entanto, resolvi tentar alguns outros nomes de desafetos dos EUA: Lênin, Che Guevara, Mao. Todos recusados. Bem, não era paranoia. Há sim um controle de algumas palavras/conceitos. Mas resolvi ir até o fim e escrevi ao “contato” do Facebook, pedindo uma explicação pela recusa de meu primeiro nome. Eles me liberaram para ser usuário, mas a resposta não veio.

Tive um perfil durante duas semanas no período pré-eleitoral, mas pude ver que os assuntos transmitidos não passavam de insignificâncias pessoais ou de pseudo-preocupações humanísticas. Tudo muito superficial e banal – um passatempo narcisista de “gente descolada”. Me senti um peixe fora d’água e logo pulei fora, para dentro de meu relativo anonimato digital. Foi um alívio saber que ainda podemos ter essa opção, antes que um definitivo Big Brother se instale em nossas casas”!

Iran T. do Espírito Santo

 

Pois bem! Acho que não estava errada em relação ao Facebook. Não sou tão radical quanto ele quando o assunto são as mídias sociais e suas redes. Tive Orkut, MSN, os mais antigos como IQC e não condeno quem possui. Cada um usa o seu tempo como quiser, como bem entender.

Cada coisa tem os dois lados da moeda: tem os seus malefícios e benefícios. Mas, por enquanto, prefiro ficar um pouco distante.

À moda antiga

Olá, leitores e leitoras!

Em um dos blogues que sigo (não lembro qual, que pena!), achei um site com roupas, acessórios e talz à moda antiga, retrô, vintage, como queiram chamar!

O site é gringo, mas atende outros países! Quem puder ($$$$$ – capetalismo!!!) ou souber costurar (querendo muito aprender), eu indico! Pois tem cada vestido lindo! (momento consumista – livrai-me!!!!)

vestido1 vestido2

vestido3 vestido4

O nome do site é ModClothe . Os acessórios também são lindos! Também tem sapato e coisas para decoração!!!

Até mais!!

xêro!